Informativos



Personagem de obras de Monteiro Lobato, ganha vida em projeto de contação para crianças da pré-escola em Piratuba.

02/12/2021

PERSONAGEM DE OBRAS DE MONTEIRO LOBATO, GANHA VIDA EM PROJETO DE CONTAÇÃO PARA CRIANÇAS DA PRÉ-ESCOLA EM PIRATUBA.

Estudantes do Passinho Inicial conheceram de perto a Emília, boneca de pano, que vira gente nos contos do Sítio do Picapau Amarelo.

Por: Imprensa Oficial Piratuba

Um projeto de contação de histórias, vem dando o que falar nas turminhas do ensino infantil, em Piratuba. Na última semana, o quarteto de professores envolvidos na atividade, levou para a sala de aula, uma personagem muito engraçada e divertida.

A curiosidade da turma foi tamanha, que Emília, a boneca de pano, teve que explicam tim tim por tim tim, de como surgiram seus cabelos. Na dramatização, criada pelas professoras Fabiana, Janete, Vanusa, Josemartha, a história da boneca que ganhou vida, foi contada com muita ludicidade.

Emília é uma boneca de pano, recheada de macela, erva típica do Sul, colhida no período que finaliza a Quaresma. Em muitas histórias, ela troca de vestido, é consertada ou é recheada novamente. Narizinho é quem cuida de suas sobrancelhas no conto infantil, que segundo a lenda, os olhos de retrós de Emília, podem arrebentar se ela arregalar em demasia.

Criada na década de 1920, no conto A menina do Narizinho Arrebitado, ao longo de décadas, a boneca de pano que é gente, passou por diversas transformações. No Sítio do Picapau Amarelo, principal trama de lobato, a boneca é feita por Tia Nastácia para a menina Narizinho. A personagem nasce muda, mas logo se torna muito falante, após ser curada pelo dr. Caramujo.

Na representação encenada pela professora Josemartha Von Borstel Huf, para turmas do Pré II, a criançada se emocionou com a personagem, que mesmo depois de integrar a infância de tantas gerações, parece cada vez mais encantadora e super-humana, pelo amor e carinho com que trata a garotada!





Veja também






topo